Nós elevamos... Esporte brasileiro

POSTADO: 10:27H - 12/05/2022

Nós elevamos... Esporte brasileiro

A Confederação Brasileira de Rugby agora conta com a parceria da Atlas Schindler para continuar seus trabalhos de desenvolvimento pessoal e social através da prática esportiva.

Realizado por meio da Lei do Incentivo ao Esporte (LIE), o apoio reforça as iniciativas da empresa a esse respeito e permite fomentar a disseminação da modalidade e de projetos específicos para as seleções masculina e feminina de Rugby em eventos dentro do território nacional.

Destaque dessa parceria é o Projeto Nina, que inspira meninas de 7 a 17 anos a vencerem estereótipos e trilharem caminhos de sucesso dentro e fora dos campos. Vamos conhecer?

 

Mulheres jogam rugby sim!

As ações do Projeto Nina têm foco em meninas que vivem em condições de vulnerabilidade. Entre seus objetivos estão o desenvolvimento de habilidades para a vida, impulsionando-as a se tornarem agentes transformadoras em suas comunidades e a assumirem lideranças dentro e fora dos campos.

Nos clubes que integram o projeto, as participantes têm segurança, acolhimento e escuta ativa garantidos. Contam também com palestras, cursos, acompanhamento técnico e multidisciplinar, além da prática do rugby em si.

Falando nisso, esse esporte de origem inglesa ajuda a derrubar estereótipos femininos e trabalha valores fundamentais para uma sociedade que busca mais igualdade e oportunidades. São eles: paixão, respeito, disciplina, integridade e solidariedade.

 

Esportistas e vencedoras

Sabemos que o esporte ajuda meninas a crescerem saudáveis e confiantes, ficando mais aptas a se tornarem grandes líderes inclusive em outras carreiras.

Pesquisas que relacionam práticas esportivas e sucesso profissional mostram¹, por exemplo, que:

  -> 94% das mulheres C-level se engajaram em algum esporte.

  -> 74% das executivas acreditam que a experiência no esporte pode ajudar a acelerar a carreira de uma mulher.

 

Elevando futuros

O Projeto Nina já tem ações em 8 clubes nas 5 regiões do país, atendendo mais de 200 meninas com idade entre 7 e 17 anos.

Suas atividades estão alinhadas com 4 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU: Boa saúde e bem-estar, Educação de qualidade, Igualdade de gênero e Redução das desigualdades.

 

Curiosidade: rugby também usa elevador!

Quando a bola sai pela lateral do campo de rugby, uma das maneiras de recolocá-la em jogo é realizando um alinhamento para que os times disputem sua posse.

Os jogados, nesse caso, podem levantar um dos colegas de equipe para que ele tente agarrar a bola lançada ao ar. Essa técnica é apelidada de “elevador”.

 

¹ Fonte: https://www.ey.com/en_gl/athlete-programs/why-female-athletes-should-be-your-next-leader